Pesquisa de Satisfação
     É melhor fazer com quem sabe

   
 
 

Pesquisa de Satisfação é uma ferramenta de gestão empresarial que permite às empresas conhecer melhor o mercado-consumidor e seus próprios funcionários. Por meio de avaliações constantes, é possível mensurar a aceitação do produto e/ou serviço junto ao público-alvo e identificar novas oportunidades. Assim, a empresa consegue determinar com mais segurança quais são as melhorias necessárias para a prosperidade do negócio.

Obter estes resultados com segurança, praticidade e agilidade fica fácil com um software de gerenciamento de pesquisas, como o QuestManager. O sistema permite que você crie, aplique e gerencie suas pesquisas totalmente via web e apresenta os resultados em tempo real. Além disso, o software oferece até seis veículos de distribuição de questionários.

Alguns clientes:

Fique por dentro:

Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009

Riverbed: 88% de nível de satisfação

A Riverbed Technology, especializada em otimização de redes wan, anuncia que 88% dos clientes se mostraram satisfeitos com seus produtos na última pesquisa semestral da companhia, concluída em outubro de 2008. De acordo com o estudo, a maioria dos entrevistados recomendariam os produtos e serviços da empresa, um índice que excede a média do mercado, conforme a corporação.

O levantamento foi conduzido pela King Research, companhia independente de pesquisa de marketing que trabalha com empresas de tecnologia há mais de 13 anos. Para o estudo, foram ouvidos mil clientes da Riverbed, representando empresas de portes e locais variados. Conforme a King Research, cerca de 87% dos clientes pesquisados deram à Riverbed nota 8 ou acima em uma escala de 1 (ruim) a 10 (excelente). Já 66% dos entrevistados deram entre 9 e 10 em “Satisfação do Cliente”. Os itens desempenho dos produtos, qualidade de hardware e software e funcionalidades de gerenciamento também obtiveram notas altas, com destaque especial para desempenho dos aplicativos, que recebeu 8,8. A equipe de suporte técnico da Riverbed foi avaliada com conceito 8,7.

Fonte: Baguete.
Leia mais!

Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

Telefonia móvel de São Paulo é aprovado em pesquisa

O serviço de telefonia móvel na cidade de São Paulo foi aprovado com nota 8,9 em um estudo da Mobile Science, consultoria para o segmento de telefonia móvel. A Vivo foi a operadora que apresentou o melhor desempenho nos serviços de voz e de SMS, cujas médias entre as empresas foi de 8,7 e 9,1 respectivamente. Já a transmissão de dados apresentou uma nota mais baixa, 7,4, com a Claro apresentando-se em primeiro nesse quesito.

O estudo considerou critérios como disponibilidade, qualidade de áudio e voz, estabilidade da ligação, contagem de interrupção dos serviços, tempo para completar as chamadas, velocidade na transmissão e recepção de dados, entre outros. Para o SMS, foi levada em conta a porcentagem de sucesso no envio de mensagens.

Fonte: Mundo do Marketing.
Leia mais!

Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Internautas estão satisfeitos com comércio eletrônico, diz estudo

Segundo a ForeSee Results, a média de satisfação dos usuários com o e-commerce ficou em 90 pontos, de 100 possíveis.
A maioria dos internautas pesquisados se mostrou muito mais satisfeita com as compras online do que com as compras físicas. É o que mostra uma pesquisa da ForeSee Results sobre o índice de satisfação dos consumidores norte-americanos com as lojas físicas e virtuais. Segundo o estudo, a média de satisfação dos internautas com o e-commerce ficou em 90 pontos de 100 possíveis. Já com o comércio tradicional, o índice de satisfação ficou em 72 pontos, de 100 possíveis.

Os dois varejistas online com notas mais altas de satisfação, segundo a ForeSee, são a Amazon.com e a Netflix, com 84 pontos de satisfação. Outros varejistas que viram suas notas aumentarem consideravelmente foram a Walmart, Staples, HP.com e a Target. No geral, as cinco melhores lojas online foram as da Amazon.com, Netflix, QVC.com, Apple, e Barnes and Noble.Com a economia norte-americana em recessão, a satisfação do consumidor é um fator ainda mais importante. Segundo o estudo, as chances de um cliente voltar aos mesmos lojistas online são 65% maiores se ele ficou satisfeito com sua última compra. Como fazer compras em lojas tradicionais está quase se transformando em uma maratona, são cada vez maiores as chances de as compras online tomarem a preferência das pessoas na hora de escolher os presentes de Natal.

Fonte: IDG Now.
Leia mais!

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Insatisfação com transporte coletivo de São Paulo cresce, diz pesquisa

Pesquisa feita pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANP) com 2,3 mil pessoas mostrou que os passageiros de transporte coletivo na capital estão cada vez mais insatisfeitos com o serviço. A aprovação dos corredores de ônibus caiu de 64% para 53%. A avaliação dos ônibus metropolitanos teve queda maior: de 53% para 41%. No serviço de microônibus, a aprovação desceu de 43% para 40%. A satisfação com os ônibus de outros municípios da grande São Paulo era de 55% e foi para 42%.

Superlotação, demora nos cruzamentos e semáforos e baixa velocidade são algumas reclamações de quem usa ônibus na cidade.
- Você nunca encontra um ônibus com lugar para sentar. Estão sempre lotados - reclamou o ferramenteiro Eltrópio Vieira.
A pesquisa comparou as respostas de 2007 com as deste ano. A insatisfação não acontece apenas em relação aos corredores de ônibus. Na avaliação dos passageiros, todos os meios de transporte pioraram do ano passado para este. A satisfação com o metrô caiu de 85% para 82%. Nos trens da CPTM, a aprovação baixou de 51% para 48%.


Fonte: O Globo.
Leia mais!

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Cartão de crédito do HSBC é o melhor do Brasil

O HSBC teve a melhor avaliação geral entre as dez instituições financeiras pesquisadas pelas entidades Cardmonitor e Medida Certa. O levantamento foi feito entre junho e julho deste ano, em dez regiões brasileiras, e ouviu a opinião de 2127 entrevistados que utilizaram nos últimos três meses seus cartões de crédito, bancários ou private label.

O HSBC se destacou em seis das nove categorias de satisfação: Segurança em caso de perda ou roubo do cartão, Clareza da fatura, Programa de fidelidade, Custo de aquisição e manutenção de clientes, Processo de aquisição, Serviço prestado e Atendimento ao Cliente, este último é dos pilares da estratégia do Grupo HSBC.
Para Henrique Frayha, diretor-executivo de Varejo do HSBC, o ano de 2008 significou um grande avanço para a área de Cartões do Grupo. “Alcançamos resultados altamente positivos, consolidando a nossa força no mercado.
Neste período, a base de cartões híbridos cresceu mais de 80% ,atingindo percentual de ativação de 70%, resultados que foram possíveis devido ao investimento no segmento e em todos os canais de distribuição”, diz Frayha.
A CardMonitor é uma empresa especializada em análises e fornecimento de informações para o mercado de meios eletrônicos de pagamento. A Medida Certa Pesquisa & Estratégia de Gestão atua desde 1995, prestando serviços de pesquisa de mercado.
Perfil - O HSBC Bank Brasil é uma subsidiária integral da HSBC Holdings, um dos maiores conglomerados financeiros do mundo. Com sede em Londres, o Grupo HSBC atua em 85 países das Américas, Europa, Ásia, Hong Kong, Oriente Médio e Oceania. Em 2007, o HSBC no Brasil obteve lucro líquido de R$ 1,24 bilhão, o maior resultado desde início de suas operações no país, em 26 de março de 1997.


Fonte: Fator Brasil.
Leia mais!

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

Pesquisa revela que preço perde para atendimento no momento da compra

O preço perde para o atendimento entre os fatores que o consumidor prioriza no momento da compra. Segundo pesquisa realizada pela TNS InterScience, em parceria com a revista Consumidor Moderno, 58% dos entrevistados disseram que atendimento é básico e imprescindível, enquanto 53% responderam ser o preço e 52%, a qualidade do produto ou serviço.

Para 95% dos entrevistados, um bom atendimento é mais importante que preço e qualidade. De acordo com um dos realizadores do estudo, Roberto Meir, esse índice não é uma surpresa. "Somos a pátria do atendimento e servimos de benchmark [padrão] para vários países. Além disso, o consumidor está cada dia mais consciente de seus direitos e cobra isso das empresas", explicou.


Os dados, coletados de 1.250 pessoas de cinco capitais do Brasil e divulgados nesta quarta-feira (10), mostraram que a importância do atendimento é maior na seqüência: São Paulo (68%), Porto Alegre (65%), Rio de Janeiro e Belo Horizonte (63%) e Recife (54%).

Importância do preço
De acordo com o estudo, em Recife, o primeiro atributo analisado no momento da compra é o preço, com 60% de indicação, enquanto em Porto Alegre é o atendimento (65%). Ainda quando o assunto é o bolso, cariocas e belo-horizontinos estão bem atentos, com 72% de menções à importância do quesito.

Diferencial e agregador de valor
Enquanto qualidade, atendimento e preço estão entre itens básicos e imprescindíveis no momento da compra, um diferencial apontado foi o monitoramento da satisfação dos clientes, com 26% de indicação. "Hoje, o consumidor está muito mais atento às empresas que se preocupam com suas necessidades e anseios e leva isso em consideração na hora da compra", disse a diretora de Negócios da TNS InterScience, Ivani Rossi.

Em relação aos itens considerados agregadores de valor, responsabilidade social esteve com 42% das indicações, sem muita modificação em relação ao ano passado, a não ser pelo fato de os cariocas se destacarem em primeiro lugar na preocupação com o assunto (44%), enquanto em 2007 eram os paulistas, que estão na segunda posição, com 42% das indicações.

Como agregador de valor, responsabilidade ambiental teve 40% de respostas, com destaque para os moradores do RJ (49%) e de SP (42%). Outro item citado como agregador foi a propaganda, com 42% das respostas. "Muitos acreditam que uma propaganda ética, séria e comprometida deva ser um valor intrínseco a qualquer pessoa e, por isso, muitos consumidores nem citam", disse Meir.

Fonte: Portal MSN.

Leia mais!

Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

Pesquisa do DataSenado avalia atuação dos senadores

O Senado divulgou hoje (4) pesquisa de opinião realizada pelo seu instituto, o DataSenado, para saber a avaliação dos parlamentares pela sociedade. Numa votação de zero a 10, a nota média dada pelos 1.092 entrevistados, entre 20 e 28 de novembro, foi de 5,6. Em março, de acordo com o chefe do instituto, Antônio Carlos Burity, pesquisa idêntica apontava uma média de 4,8; em junho 5,1; e em agosto 5,2.

De acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados têm conhecimento de que o Congresso é o principal responsável pela elaboração de leis e outros 64% consideram que o presidente da República assume a função congressual quando edita uma medida provisória.

Fonte: Agência Brasil.
Leia mais!